Pressão no local de trabalho pode levar à depressão

De acordo com um estudo realizado por especialistas ingleses e publicado na revista Psychological Medicine, as actividades profissionais mais desgastantes aumentam a probabilidade de o profissional vir a sofrer de depressão.

A pesquisa contou com a participação de mil pessoas, todas com 32 anos e concluiu que os novos casos de depressão que foram aparecendo no grupo observado, eram resultado da pressão vivida no trabalho. Para os autores do estudo, um trabalho stressante consiste num grande volume de trabalho, em trabalhar horas extraordinárias, em ter prazos rígidos, onde o profissional tem de alterar a sua vida pessoal para corresponder às expectativas da empresa.

Para além disso, o estudo alerta para o facto de a entidade patronal ter de estar mais atenta à saúde mental dos seus colaboradores. Não basta apostar na saúde física dos trabalhadores, pois cada vez mais, as pessoas são vítimas do excesso de trabalho e dos horários rígidos.

Devido à necessidade de manter um emprego e de progredir na carreira pode levar a que muitas pessoas se submetam a actividades bastante stressantes que podem colocar em causa a sua saúde.

Dos entrevistados, 14 por cento das mulheres e 10 por cento dos homens que trabalham, sofreram uma primeira crise de depressão ou ansiedade aos 32 anos. Para a coordenadora do estudo, Maria Melchior, epidemiologista do MRC Social, Genetic and Developmental Psychiatry Centre do King’s College London, este facto prende-se com a ideia de que os mais jovens querem afirmar-se na sua profissão e, como tal, acabam por se sujeitar a todo o tipo de pressões.

As profissões dos entrevistados para o estudo eram diversificadas: cirurgião, jornalista, polícia, professor e piloto de helicóptero são algumas delas. O especialista em psicologia e saúde Cary Cooper, da University of Lancaster, baseado nos resultados do estudo afirma que as pessoas devem trabalhar com mais flexibilidade estarem menos horas fechadas nos escritórios.

Nos Estados Unidos, por exemplo, existem muitas empresas que apostam no trabalho feito a partir de casa: o gestor, através das novas tecnologias, faz o seu trabalho em casa e dirige-se à empresa apenas para reuniões ou em casos pontuais.

Verificou-se que nestes casos a qualidade de vida melhorou.

Fonte: Edições Dashöfer, adaptado para New@This por Nuno Batista

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: